O que é E-session?

Muitas pessoas tem a curiosidade de saber o que na verdade é esta palavra e o que tem a ver com o pré-wedding. Na verdade, atualmente existe uma avalanche de nomes “bonitinhos” que, na minha modesta opinião, acabam confundindo os clientes com tantas terminações em línguas estrangeiras e tendo praticamente as mesmas funções.

Com exceção do Trash the Dress que é um conceito novo que teve sua origem nos Estados Unidos em 2009, os ensaios pré-wedding, E-session, ou qualquer outro nome que criarem, não passa das velhas sessões fotográficas que a muito tempo são feitas com os casais.

Essas fotos são geralmente utilizadas para ornamentar a decoração da festa, utilizadas em retrospectivas, slides, livros de assinaturas dos convidados e o que mais a criatividade autorizar.

Tem como utilidade também, retratar os noivos nos felizes e corridos momentos que antecederam o grande dia.

Enfim, deixando de lado meu ponto de vista, o E-session é uma sessão externa onde o casal é fotografado em locais que têm a ver com o perfil dos noivos. Geralmente é feito em parques públicos, praia ou até mesmo em barzinhos, o importante é que essa sessão traduza através do olhar do fotógrafo exatamente aquilo que os clientes estão vivendo naquele momento.

Outro público que tem crescendo muito são as debutantes. Afinal é um rito de passagem tão importante quanto o casamento. As garotas estão a cada dia mais inspiradas e buscam os fotógrafos para produzirem suas fotos e como atualmente se colocam nomes “bonitinhos” em tudo, que tal chamarmos de pré-debuts?

Enfim, neste momento tão especial da vida das pessoas, não importa qual a nomenclatura utilizada para especificar o produto e sim a satisfação dos clientes quando recebem o resultado final e podem guardar pra sempre o registro de uma fase tão feliz de suas vidas!

Vejam abaixo o último trabalho de E-session para debutantes que tivemos a oportunidade de realizar.

Nossa linda modelo é a Fernanda Bonadio que foi clicada pela Giullia Augusto, fotógrafa de excelente olhar que temos o orgulho de tê-la como artista da Argon. Como cenário, escolhemos um dos mais belos cartões postais de São Paulo que é o Museu do Ipiranga e o parque da Independência.